sexta-feira, 30 de março de 2012

Preocupada


Amanhã levaremos o Darwin na veterinária pra colher sangue. Como já postei aqui antes, desde que o Darwin chegou em casa ele tem o hábito de beber muita água, o que achei estranho porque sempre ouvia dizer que gatos não são de beber muita água. Na primeira vez que levamos o peludo na vet, comentamos sobre isso com ela e na ocasião ela nos tranqüilizou dizendo que era até bom que ele bebesse bastante água pra evitar problemas renais. Disse que ele estava com aspecto saudável e como não havia mais nenhuma queixa, não havia motivo pra se preocupar.
Há duas semanas levamos o Juca pra tomar a terceira dose da quádrupla felina e mais uma vez comentamos que o Darwin continuava bebendo muita água. Quando mencionei que ele bebia mais ou menos 1 litro por dia, a veterinária disse que não era normal beber essa quantidade de água e resolveu fazer o exame de sangue pra confirmar se o Darwin é apenas um beberrão ou se há algo que precise de cuidados especiais.
Claro que estou super preocupada imaginando milhares de coisas, mas não adianta se precipitar. O jeito é fazer o exame e aguardar. O duro vai ser deixar o felino em jejum, sem água e comida por 12 horas por conta do preparo pro exame. E o Juca vai entrar na dança, porque vou recolher a ração dele também.

Essa foto tiramos no ano passado para o Cat Lovers Day

quarta-feira, 28 de março de 2012

Cartinha do Juca


Como já contei pra vocês, o Juca foi adotado da Ong Adote umGatinho. Lá no site do AUG é costume os gatos adotados enviarem cartinhas contando como estão em suas novas casas. E com o Juca não foi diferente. Ontem publicaram a carta dele:

"Olá tia Alexsandra e tias do AUG!!
Cheguei na minha nova casa no sábado de Carnaval. Logo que entrei no apartamento eu percebi que tinha um irmão felino, o Darwin. Meus pais humanos estavam super receosos achando que o Darwin ia ficar enciumado, ia fazer fuuuuzzz pra mim e poderia até brigar comigo, mas vocês não vão acreditar no que aconteceu! O Darwin simplesmente me adorou!!
Desde o primeiro dia ele não podia me ver que já vinha atrás de mim me chamando pra brincar de lutinha. Mas pra mim era tudo novo, afinal eu morava num lar temporário que era tudo de bom! Eu tinha um montão de amigatos e também a companhia da minha mamãe felina, a Ruth. Então, de repente tudo mudou e eu fiquei assustado, por isso a última coisa que eu queria era fazer amizade com o Darwin. Tive que usar o poder dos meus fuuuuzzzz pra espantar o meu irmão felino, coitado. Virei um expert em fazer fuuuuzzzz.

Também não deixava ninguém passar a mão em mim. Era chegar perto de mim pra eu sair de fininho. Assim que cheguei em casa, eu só ficava no quarto. Depois de uns dois dias decidi sair pra conhecer a sala. Ir pra varanda só mesmo depois de uma semana. Sabem como é, né, eu fui reconhecendo o território aos poucos.

Também tive que me fazer de difícil com os meus pais humanos. Eles queriam me pegar no colo e fazer carinho, mas eu logo fugia. Não podia deixar me pegarem no colo assim logo de cara. Mas agora, quase três semanas depois, eu já estou me esfregando na perna da mamãe, mostrando a barriga, dormindo com ela e até ronronando. Como demorei pra ronronar, minha mãe chegou a pensar que eu não tinha motorzinho, rsrsrs.

Agora eu e o Darwin somos “best friends forever”. Como meus pais ficam o dia todo fora de casa, nós fazemos companhia um pro outro e nos divertimos muito juntos. Depois que cheguei, o Darwin até desencanou de brincar com o nosso pai que era o que ele mais costumava fazer. Acho que o papai ficou com ciúme de mim, hehehe.

Tias, agradeço por tudo o que fizeram por mim desde quando eu ainda estava na barriga da minha mamãe gata. Um obrigado especial pra tia Alexsandra que cuidou super bem de mim desde que eu era um filhotico. Obrigado também aos meus padrinhos e madrinhas que me ajudaram muito enquanto eu estava morando no AUG. Sem vocês, eu não estaria hoje escrevendo essa cartinha.

Lambeijos e ronrons do Juca"

Primeira foto do Juca na nossa cama. Hoje ele já não faz mais cerimônia

Esparramado no tapete
Brothers
Brincando com o tripanossoma
Esperando os passarinhos

sábado, 24 de março de 2012

Juca ao som de reggae

Não sei se foi por causa do reggae que estava tocando na sala, mas o Juca parecia meio doidão no sofá.
Reparem que tem uma hora em que ele tenta pegar o próprio rabo. A gente costuma dizer que o Juca tem rabo de macaco de tão comprido que ele é.


quinta-feira, 22 de março de 2012

Na lavanderia

Toda vez é assim: ligo a máquina pra lavar as roupas e quando vou estendê-las, eis que chegam Darwin e Juca. Não sei que tipo de curiosidade a lavadora de roupas desperta nesses felinos, mas acho que a vontade deles é entrar na máquina pra conferir o que tem lá dentro. Até agora nenhum deles se arriscou, mas teve um dia que o Juca quase caiu lá dentro, tadinho! Vai ver que eles querem me ajudar nos afazeres domésticos....rs


"Na verdade nós estamos inspecionando pra ver se as roupas estão bem lavadas"

"Deixa eu ver se ficou cheiroso"

"Agora é a minha vez de verificar as roupas"

"Ué, o que tem lá dentro?"

segunda-feira, 19 de março de 2012

Darwin e Tixa

Pois é, gente! Agora é oficial! Darwin e Tixa estão namorando!! Aliás, parece que o amor está contagiando todo mundo. Primeiro foi o Bartolomeu que se declarou pra Kika. Em seguinda vimos um novo casal se formar: Pink e Nelson. O Darwin aproveitou essa onda romântica e finalmente se declarou pra Tixa.
Eles ainda estão se conhecendo, começo de namoro é assim mesmo. Mas o Darwin anda suspirando pela casa e fica toda hora falando da frajolinha dele. Quanto amor....



sábado, 17 de março de 2012

O amor é contagiante!

Resolvi deixar a timidez de lado. Tenho que contar um segredo pra vocês.
Há algum tempo estou apaixonado, mas nunca tive coragem de me declarar pra ela.
Mas hoje, atualizando a leitura dos blogs, descobri que a minha amada está solteira e à espera de uma declaração de amor.
Então, vamos lá:

"Essas flores são pra você!"

"TIXA, VOCÊ QUER NAMORAR COMIGO?"

quarta-feira, 14 de março de 2012

Viciado em água

Definitivamente o Darwin segue a recomendação médica de tomar pelo menos 1 litro de água por dia.
Sempre ouço dizer que é bom incentivar os gatos a beber água pra evitar problemas renais, mas com o Darwin não é preciso seguir esse conselho. Afinal, ele adora água!!
 A primeira coisa que ele fez quando chegou em casa foi beber muita água e desde então tem sido assim todos os dias.
Chegamos até a pensar que ele tivesse diabetes (ok, confesso que sou uma mãe de gato neurótica hehe), mas a veterinária do Darwin nos tranquilizou e disse que ele é bem saudável.
Toda vez que vou encher o bebedouro dos felinos, o Darwin já vem correndo. Ele fica pertinho querendo tomar uns goles de água. Quem vê pensa que ele está diante de uma comida deliciosa, pois chega até a lamber os beiços (como vocês verão no video).
Ainda bem que água não engorda, senão o Darwin seria um gorduchão.



domingo, 11 de março de 2012

Baby Juca

Sei que o começo de vida de muitos gatos não é nada fácil e até que sejam resgatados, estão sujeitos a maus tratos e outros perigos que as ruas oferecem.
Não sei como foi o comecinho da vida do Darwin, mas acredito que se ele não nasceu na ong onde o adotamos, foi resgatado bem pequeno.
Quanto ao Juca, sabemos bem como tudo começou. A mamãe gata dele foi resgatada prenha e o Juca e seus irmãos nasceram na casa da Alexsandra, voluntária do AUG. Todos os irmãos do Juquinha já foram adotados e hoje vivem felizes em lares seguros e cheios de amor. A mãe do Juca ainda não foi adotada e continua no lar temporário. Torcemos muito pra que a Ruth encontre um lar pra chamar só de seu.
Essa semana recebemos as fotos do Juca bebê e, modéstia à parte, ele era um bebê muito lindo e fofo!

Mamãe Ruth e seus filhotes

Juquinha filhotico

Desde pequeno já tinha patolão

Essa merece um porta-retrato

oooowwwwnnnnnnn

sábado, 10 de março de 2012

Promoção do blog Gatos da Nai

Nessas últimas semanas estão rolando várias promoções e sorteios muito legais.
Hoje queremos divulgar a Promoção Personalize Seu Pet do blog Gatos da Nai.
Confiram lá no blog as regrinhas e participem! Clique aqui
Boa sorte a todos!!

quinta-feira, 8 de março de 2012

Sozinhos em casa


Esse final de semana fomos pra Santos na casa da minha irmã. Deixamos o Darwin e o Juca, pela primeira vez, sozinhos por mais de 24h seguidas, mas ficamos tranqüilos porque os dois estão super entrosados. Nosso receio era de que eles fizessem alguma “arte” juntos. Como na volta tudo estava no seu devido lugar, imagino que eles se comportaram direitinho.
Aproveito também pra mostrar as fotos da Loretta, gatinha da minha irmã. Ela é uma siamesa super arisquinha, por isso não pude afofá-la, mas vontade não faltou.

Loretta

"Mamãe não sabe, mas enquanto ela estava em Santos, eu aproveitei pra escrever pra minha dinda"

ZZZZZZZZZZZZZZZ.............


domingo, 4 de março de 2012

Esconde-esconde

Começaram as votações no blog da Kika. Eu enviei uma foto do Darwin, mas como foi por e-mail, o arquivo ficou muito grande e talvez não pudéssemos participar do sorteio. Mas acabei de ver as fotos e achei a do Darwin lá. Ebaaa!!!
Se vocês quiserem votar na gente, nossa foto é a de número 6. Mas são tantas fotos legais que tá bem difícil escolher somente duas.
Ah! Não pensem que sou uma mãe de gato desnaturada por ter deixado o Juca de fora, mas é que quando começou a brincadeira, o Juca ainda não tinha chegado em casa.

"Enquanto vocês votam eu vou dar uma volta de bike"

quinta-feira, 1 de março de 2012

O primeiro ronron a gente nunca esquece

Não faz tanto tempo que o Juca chegou em casa, mas até alguns dias atrás a gente ainda não tinha ouvido ele ronronar. Por mais que eu saiba que ele ainda está se adaptando à casa e às pessoas, ficava meio triste de não ouvir o ronron do Juca. Pensei que ele não estivesse feliz em casa e isso me deixava meio frustrada.
Mas tive uma agradável surpresa. Estava no quarto e o Juca resolveu aparecer. Ele se aproximou de mim e deixou que eu passasse a mãe nele. Daí pra mostrar o barrigão foi um passo. Adoro esfregar a mão na barriga de gato, acho uma delícia. Aproveitei que o Juca deu abertura e fiquei coçando a barriga dele. De repente ouço um barulhinho. Tive que aproximar meus ouvidos pra ter certeza e não é que o danado ronronou pra mim! Acho que ele estava se fazendo de difícil. Eu não me aguentei e tive que apertá-lo muito.
Ronron do gato é tudo de bom!!
 
"Claro que eu demorei pra ronronar....tá pensando que eu sou facinho?"