terça-feira, 31 de julho de 2012

Mamãe nos abandonou



Hoje vim contar pra vocês o que nossa mãe está prestes a fazer. Ela acordou bem cedo e começou a arrumar umas roupas. Colocou tudo dentro de uma bolsa grande. Achei que ela ia doar pra campanha do agasalho, mas não. Descobrimos que ela está de malas prontas pra ir pra Santos. Pelo que ouvi ela falar no telefone, parece que ela volta no sábado. 
Isso é um absurdo! E aquele papo de "overdose de mamãe"? Ela disse que iria ficar com a gente o tempo todo durante as férias e na primeira oportunidade nos abandona. Exigimos o conselho tutelar felino!!!
Pra nos consolar ela disse que o nosso pai vai cuidar muito bem da gente, mas mesmo assim passaremos o dia todo sozinhos. O que nos resta senão dormir? 


Juca resignado
Dormindo para afogar as mágoas

sábado, 28 de julho de 2012

Invasão na cat cave

Desde que o Juca chegou em casa, ele sempre respeitou o espaço do Darwin. Aliás, normalmente é o Darwin que quer ficar no mesmo lugar que o Juca, principalmente na hora de dormir. O Juca se aninha perto de mim e de repente o Darwin chega querendo ocupar exatamente o mesmo lugar do Juca. Daí é um tal de empurra-empurra pros dois caberem no mesmo espaço. 
Hoje foi bem diferente. O Juca aproveitou que o Darwin saiu da cat cave e foi se aproximando devagarzinho, como quem não quer nada e vupt! Entrou e ficou belo e folgado na cat cave que originalmente era do Darwin.
O Darwin ficou meio "passado" com a cena que viu, mas em nenhum momento houve atrito entre os dois. Será que eles vão se revezar na cat cave?

"Esse lugar é bem confortável"
"Acho que o Darwin nem se importou..."

"O que você tá fazendo aí, Juca?"

"Ainda não tô acreditando no que eu tô vendo..."


Queremos aproveitar pra agradecer à dona Gam, à Mauau e ao Gatito pelo selinho que recebemos e adoramos!


quarta-feira, 25 de julho de 2012

Fase de adaptação

Já faz 5 meses que o Juca chegou em casa, mas a sensação é de que faz muito mais tempo que ele está conosco, tamanho é o amor que a gente tem pelo frajolinha.
No dia em que chegou em casa, Juca estava muito assustado e o Darwin não deu sossego pra ele. Toda hora tentava uma aproximação e isso fazia o Juca ficar mais assustado ainda. A Alexsandra (voluntária do AUG) achou que seria melhor deixá-lo num quarto separado até ele se ambientar com a nova casa. 

Deixamos o Juca sozinho no quarto onde fazemos de escritório:

A porta não podia ficar aberta que o Darwin dava um jeito de entrar....

Apesar das inúmeras tentativas de fazer amizade, Darwin não obteve êxito em nenhuma. Juca era só fuzzzz pro irmão felino:


Darwin: Podemos ser amigos?
Juca: Fuuuzzzz


Nossa maior preocupação era garantir que o Juca se alimentasse, mas como ele não havia tocado na ração, decidimos oferecer uns petiscos:

Como o Juca ficava escondido, a gente deixava uns petiscos e depois voltava pra conferir se ele tinha pego

Na primeira noite em casa, deixamos a porta do quarto fechada, mas de hora em hora a gente ia checar pra ver se estava tudo ok:

Improvisamos uma caminha embaixo da mesa
Eu ficava achando que o Juca não ia se adaptar a nova casa e que ia ficar escondido pra sempre. Cheguei a ficar meio triste.....
Mas dois dias depois ele se aventurou a tomar sol na janela e já dava pra notar que ele estava mais seguro e confiava mais na gente:


Resolvemos então deixar a porta do quarto aberta pra ver se o Juca se arriscava a sair de lá pra conhecer o resto da casa:
                                                  
                                                                    Ele saiu, mas logo encontrou um porto seguro...
 
....a cadeira da mesa de jantar!

De lá ele só saía pra se alimentar e usar a caixa de areia. E o Darwin continuava querendo fazer amizade:


Darwin: vamos ser amigos?
Juca: fuuuzzzz



Mais alguns dias depois.....adaptação concluída com sucesso!!
Darwin: podemos ser amigos?
Juca: ok!!

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Duplamente chateado

O Darwin está chateado. Primeiro porque com o frio que anda fazendo em São Paulo, os banhos de sol estão ficando cada vez mais raros. Hoje ele tentou tomar um solzinho através de uma fresta que bateu na varanda.
Ele também ficou muito chateado comigo pois soube que vou conhecer a Tixa pessoalmente e não vou levá-lo. Eu expliquei que vou afofá-la bastante por ele e se der vou até sequestrá-la (brincadeirinha, Eve!), mas nem assim ele quis fazer as pazes comigo. 



Será que eu posso tomar meu solzinho em paz?

Não quero papo com você, mamãe!


terça-feira, 17 de julho de 2012

Overdose de mamãe

Desde segunda-feira estou oficialmente de férias. Esse ano ficarei por aqui mesmo até porque o Mateus continua trabalhando normalmente. Então serão 30 dias pra organizar a casa, fazer coisas que normalmente a gente deixa pra quando tem tempo, começar a malhar (pois é, eu me matriculei na academia e dessa vez pretendo levar a sério), descansar bastante e ficar à disposição dos felinos. Eu tô adorando ter os gatos atrás de mim o tempo todo. Mas a hora que a gente mais gosta é a da soneca. À tarde nós três ficamos debaixo das cobertas vendo tv e dormindo e muuuuito. E com o friozinho que tem feito em São Paulo.....

Férias com a mamãe...ebaaaa!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Corujice - parte II

Agora é a vez do Darwin, meu primogênito! Fiquei pensando em várias músicas que têm a ver com a personalidade dele e cheguei à conclusão de que o Darwin é com certeza um gato rock´n roll!!
Acessem o link, pois hoje não consigo inserir o vídeo de jeito nenhum!
Esperamos que gostem!

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=uF--EKHZa_c


sexta-feira, 6 de julho de 2012

Corujice - parte I

Sou uma mãe de gato coruja, eu assumo! Adoro tirar fotos e filmar meus felinos. A câmera está sempre por perto e qualquer coisa que eles façam vira uma oportunidade de registrar. Ainda mais porque eu sempre fico pensando nos próximos posts do blog.
Passei os últimos dias selecionando algumas fotos do Juca e fiz um vídeo. Assistam com o áudio ligado porque a trilha sonora faz toda a diferença! rs
Beijos
Karina


segunda-feira, 2 de julho de 2012

Quem não tem cão, caça como o gato

Quarta-feira, no trabalho, recebo uma ligação da Ana, que nos ajuda toda semana a manter a casa em ordem:
Ana: - Oi Karina! É a Ana....eu vou falar rapidinho...
        - Eu tava limpando a mesa da sala de jantar (aquela que tem um tampo de vidro)....

Eu já estava imaginando milhares de coisas do tipo a Ana toda ensanguentada cheia de caco de vidro na mão ou então algum dos meus gatos machucado...

Karina: - Sei....
Ana: - Então, aí o tampo da mesa escapou da minha mão e caiu no chão....
Karina: -Você se machucou Ana? E os gatos? Estão bem?
Ana: -Não, tá tudo bem...mas tem vidro pra tudo quanto é lado...
Karina: - Tudo bem, acontece....

Ufa....apesar do dano material, todos ficaram bem e isso é o mais importante!

Enquanto a mesa não é consertada, o Juca descobriu uma nova forma de ficar sentado na cadeira. O Darwin às vezes esquece que não tem mais mesa e quase cai.