sexta-feira, 29 de março de 2013

Gatoterapia


Sábado eu e o Mateus fomos visitar o abrigo da ong Adote Um Gatinho. Pra quem não sabe, o Juca veio de lá. Eu não me canso de falar que admiro muito o trabalho que os voluntários fazem em prol desses gatos que são resgatados e cuidados até serem doados pra pessoas responsáveis. O que me deixa triste é que mesmo com todo o cuidado que a ong tem ao doar um gato, muitas pessoas acabam devolvendo o bichano sem qualquer justificativa plausível. Como é que alguém que fica com um gato durante quatro anos tem coragem de devolvê-lo? Eu não concebo isso! Definitivamente não!
Passamos uma tarde super agradável ao lados de felinos das mais variadas personalidades. Ao chegar fui recepcionada por um pretolino que eu com certeza levaria pra casa se pudesse. O nome dele é Mauricio e ele é um gato super fofo que pulou no meu colo, ronronou até e ficou me dando cabeçadinhas pra pedir carinho. Ele tinha sido adotado, mas foi devolvido. Uma pena que não deu pra tirar uma foto dele.... :(
Os gatinhos do quintal são aqueles mais sociáveis e a maioria aceita carinho numa boa, pula no seu colo e brinca com a gente. 
Há um cômodo onde ficam os mais tímidos e arisquinhos. São lindos e alguns aceitam brincar. O importante nessa sala é respeitar a personalidade do felino. 
Numa outra sala há dois lindos gatos, mas por serem portadores de FIV e FELV, precisam ficar separados dos demais. 
E tem o berçário onde ficam os filhotes. 
O tempo voou e na hora de ir embora me senti de alma lavada e com vontade de voltar mais vezes. Foi como uma sessão de gatoterapia. Eu recomendo!


Detalhe no gatinho escalando

Gatinhos do Quintal - todos curtindo o sachê

Ala dos bebês

Melão - fofura!

Folia - eu me apaixonei por ela

Eu tentando amassar a Folia


16 comentários:

  1. Eu também não entendo como alguém é capaz de fazer isso, deve ser o mesmo tipo de pessoa que abandonam os pais, que insistem em internar o idoso no fim de ano no hospital e vão viajar"tranquilos"....pessoas sem coração e que só pensam em beneficio próprio.
    Deve ter sido uma delicia esse dia. Eu quando fui buscar a Tixa fui no antigo abrigo da AUG, e quase saimos de lá com mais um gatinho além da Tixa. Todos tão amorosos, querendo uma familia e carinho.
    Boa páscoaa para voces.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Puxa, Karina, visitar abrigos é a coisa mais fofa e triste ao mesmo tempo!! Não dá pra ficar insensível com tantos seres carentes, com aquela cara de "me leva pra sua casa"! Quando eu visito abrigos daqui de Goiânia, saio, de certa forma, muito mal; sinto que é como se eu deveria ficar com eles todos!! Aahhh, fico super derretida!!!

    O Melão é muito lindo, ele se parece com o Juca e com a Tixa!!

    Quanto a devolver animais, em se tratando do ser humano, acho que dá pra entender sim. Trata-se do ser mais perverso e cruel do planeta. Já vi casos de pessoas que adotaram crianças e devolveram para o orfanato!!! O que dirá de animais. E fora os que se livram dos pais, dos filhos humanos biológicos e não duvido que há muitos outros que gostariam de fazer isso também! Aff!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Ah, e me lembrei de outra: quando fomos pegar a Ágatha no abrigo da Aspaan, o Nélio que a escolheu, pois eu não conseguia me decidir com qual iria ficar!!! Já havia se passado mais de uma hora, até a protetora Cecília, que nos levou até lá, já tinha terminado todos os afazeres no abrigo, só estava nos esperando para ir embora!! Ainda bem que o Nélio foi junto, senão era capaz de eu ter demorado bem mais!!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Owww, quantas fofurass, o trabalho da ong é lindo, que delicia hein de passeio ;)

    ResponderExcluir
  5. Me emocionei com sua postagem, Karina
    Se pudesse ficava com todos!!!
    Um beijinho carinhoso para tí
    Feliz e Abençoada Páscoa!!
    Com carinho de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  6. Karina, a Nikita também foi devolvida no AUG. Fico pensando nesse ser que teve a coragem de devolvê-la após 1 ano de convivência. Tadinha da minha Ni, o quanto ela já sofreu. Só que agora, nunca mais. Ela é muito amada e sempre será. Gostaria de visitar o AUG, ver de onde ela veio e ver os gatinhos, quem sabe um dia.

    Bjs, Néia e Nikita

    ResponderExcluir
  7. Karina que legal, eu nunca visitei um abrigo de gatos, mas acho eu ia ficar com vontade de trazer um escondido na bolsa, é escondido sim porque eu estou proibida de trazer mais um peludo para essa casa hehe. Achei uma graça aquele gatinho cheiretando a tua bolsa enquanto tu estava tentando afofar a Folia. Sabe eu também não entendo uma pessoa devolver um gato, mas eu prefiro isso do que simplesmente a pessoa jogar fora ou dar para outra que também não vai cuidar, assim pelo menos ele tem uma chance de encontrar um novo lar com muito amor. Beijos

    ResponderExcluir
  8. A Folia parece uma pintura!!! Acho que eu ia me apaixonar por todos ou ia ficar com pena de deixá-los lá (apesar de ser um lugar maravilhoso) e ficaria muito triste.
    Parece impossível que alguém devolva um animal depois de anos juntos mas é a triste realidade, as pessoas ainda não respeitam os animais. Tenho certeza que a gataiada adorou a visita!
    Ótima Páscoa pra vocês!
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  9. ah, Karina, eu já fui voluntária na antiga Febem...eu adorava ficar com os bebezinhos, mas...foi difícil o começo...eu chorava...acabei me acostumando e vc tem razão...a gente sai com a alma lavada, bem leve...

    Menina, acho que eu só conseguiria ser voluntária em um abrigo para animaizinhos depois de chorar e chorar muito...evito até ir conhecer...fico realmente mal...

    Mas, imagino a tarde deliciosa que vocês passaram.

    Estar com os animaizinhos, nos recarrega com as melhores energias do universo.

    Feliz Páscoa ( de novo...srsrsr)

    beijinhos,

    Lígia e turminha:)

    ResponderExcluir
  10. Ai que delícia, Karina!!! Fiquei apaixonada por essa gataiada. Como eu te disse, quero muito visitar esse lugar.
    MAs me diz, como uma pessoa pode devolver um bichinho tão carinhoso como vc cotntou sobre o pretolino? Ai que maldade, inconcebível isso. Gente sem coração.
    Amei sua gatoterapia. Não há nada melhor para curar as tristezas ou chateações!!!
    Bjsssss

    ResponderExcluir
  11. Ai Karina, que delícia!!!!
    E que foto é aquela, com um monte de gatinhos juntos???
    Me deu vontade de sentar lá junto com eles e passar uma tarde toda!

    Acho que estou precisando de mais gatoterapia na minha vida...rs
    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  12. Ai, quero ir tb! Hahahahahahaha... Eu vejo os gatinhos que estão pra adoção no facebook e quero todos! Fico falando pro zé quais os gatos que a gente vai ter quando morar numa casa. Quero um "juquinha", uma "Chloezinha", um igual ao irmãozinho da Clhoe e, quem sabe um dia, um siamês de verdade pq a Alice só engana!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  13. Ah que legal!! Um dia vou visitar também. É lindo!!!

    ResponderExcluir