sábado, 31 de agosto de 2013

A consulta do Darwin - parte I

Há pouco mais de um ano, a veterinária dos felinos diagnosticou o Darwin com uma doença endócrina chamada diabetes insipidus. Pra lembrar como foi, clique aqui.
Eu adoro a veterinária dos meninos e confio muito nela, mas confesso que sempre fiquei com "a pulga atrás da orelha" com o fato de não ter que fazer nada a respeito do diagnóstico. Acho que o ser humano sempre espera um "remédio" pra todos os males que possa apresentar. E pensar que não precisaria dar nenhum remédio pra tratar o problema do Darwin me deixava meio angustiada, com aquela sensação de que eu não estava fazendo o certo.
Em junho levamos o Darwin pra tomar as vacinas anuais e eu perguntei pra vet se não seria bom levar o Darwin num especialista. Fiquei cheia de dedos pra falar porque não queria que ela pensasse que eu estava subestimando o diagnóstico dela. Mas ela nos deu o maior apoio e disse que seria ótimo procurar um endocrinologista. Ela nos indicou uma médica e fez um encaminhamento explicando todo o quadro clínico do Darwin. 
Semana passada foi a primeira consulta com a endocrinologista. Nós adoramos a Dra. Alessandra. Ela nos explicou tudo direitinho, mas antes de fechar o diagnóstico ela nos pediu uma lista de exames de sangue e urina. Disse que tudo indica que o Darwin realmente tenha diabetes insipidus, mas antes ela precisa afastar a possibilidade de qualquer outra doença que poderia fazer com que o Darwin bebesse muita água. Se for diabetes insipidus central, o tratamento é super fácil; se for de origem nefrogênica, não há tratamento, mas ficar sem tratar (nos dois casos) não é nenhum problema, a não ser o de continuar comprando bastante areia por conta da quantidade de urina. A única recomendação é JAMAIS deixar faltar água. E se um dia ele precisar passar por uma cirurgia, não poderá fazer jejum de água.

Explorando o consultório

"O que é isso?"

"Legal! Deve ser uma cama"

Calculando o pulo







14 comentários:

  1. Já dizia minha avó "água é vida",não se preocupa nãoo que não deve ser nada sério.bjs

    ResponderExcluir
  2. Darwin, você é o meu herói! Não dá pra acreditar na sua desenvoltura e coragem desbravando o consultório veterinário! Aliás, que consultório mais legal, parece uma gatoteca, cheia de brinquedos e lugares para escalar! Eu sei que você é um gatinho muito bonzinho e sociável e assim tudo fica mais fácil, mesmo assim...eu ia ficar bem brava na vet!
    Você tá lindão nas fotos! Tomara que vocês descubram um tratamento adequado e que lhe dê uma vida muito longa e feliz!
    Lambidas da Pink

    ResponderExcluir
  3. Darwin, adorei a exploração no consultório. Também, pudera, as prateleiras de lá só podem ter sido feitas para gatos que curtem aventura, são perfeitas para isso :D
    Fico torcendo para bons resultados nos exames!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Que bom que não é nada grave. Melhor mesmo tirarmos as dúvidas e grilos do que nos arrependermos mais tarde.
    O Darwin tá lindo , cheio de vida e de sede. E mais água pra ele , então!!!
    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  5. Que bom que não é nada grave. Melhor mesmo tirarmos as dúvidas e grilos do que nos arrependermos mais tarde.
    O Darwin tá lindo , cheio de vida e de sede. E mais água pra ele , então!!!
    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  6. Que consultório mais bacana! Vc merece heim Darwin. Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Darwin você é um explorador, parece muito a vontade no consultório, nada de fiasco, tremedeira e arranhões um bom exemplo pra gataiada hehehe. Agora é só manter o prato cheio de água e fazer um super estoque de areia. Gostei da balança parece uma caminha mesmo.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Namogato fiquei feliz pela sua coragem na vet, vc é um gatinho explorador e superfotogênico. Eu também adoro beber muita água.
    Ronrons apaixonados da sua Tixita.

    ResponderExcluir
  9. super a vontade no consultório!! Acho que vc fez super bem indo atrás de um especialista, afinal, nem todo vet sabe de tudo!

    ResponderExcluir
  10. super a vontade no consultório!! Acho que vc fez super bem indo atrás de um especialista, afinal, nem todo vet sabe de tudo!

    ResponderExcluir
  11. Não sabia dessa situação do Darwin...

    ResponderExcluir
  12. Não sabia dessa situação do Darwin...

    ResponderExcluir
  13. Diabetes insipidus é uma condição muito chata para um gato e seu dono, pois a caixa de areia que é para um, deve ser ajustada como se a pessoa tivesse uns 10 gatos! Mas nada que seja páreo para uma pessoa tão amorosa e cuidadosa como você, Karina! Gostei do modo a vontade de ser do Darwin no consultório. E estou ansiosa para saber dos resultados dos novos exames.

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  14. Ai q pavor de ver o seu gatinho assim pelo consultório! A última visita minha ao veterinário foi um trauma q nunca esquecere: a minha gata mais brava e arisca cosneguiu sair pela janela, foi um Deus nos acuda!!! Eu vi a "viola em caco" como dizem... mas por milagre, MILAGRE MESMO, conseguimos pegá-la. Eu não conhecia esta doença, vou ficar atenta! Obrigada por compartilhar! bj

    ResponderExcluir